A chácara mais bonita descoberta

Padrão

Como vocês leram no título da matéria, encontramos a chácara mais bonita já descoberta pelo Brasil, é claro, o fato aconteceu na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, recebemos uma sugestão de matéria de uma internauta, que prefere não divulgar seu nome, mas segundo ele ao pesquisar chacaras para alugar em rio preto no google ele encontro uma chácara que chamou muito atenção dele então foi verificar.

Quando ele for olhar ela pessoalmente não tinha nada a ver com as fotos que ele havia visto na internet, porém ele teve uma surpresa boa, a chácara tinha sido reformada e estava maravilhosa, então ele resolveu nos mandar as fotos da chácara e como sugestão de matéria para que mais pessoas possam alugar esse tipo de imóvel, já que são bem procuradas para festas eventos pelas pessoas.

Abaixo temos a foto da parte do pátio da chácara, com uma bela piscina e jardim encantador, o nosso internauta afirma que na cidade dela que é Rio Preto, não possui chácaras tão belas como essa que ele encontrou e também alegou que não esperava ter uma surpresa dessas pois ele pensava que a chácara era muito inferior devido as fotos que já tinha visto.

chacaras para alugar

Será que isso é um fato verdadeiro?

Não podemos afirmar com toda certeza do mundo que esse fato ocorrido em São José do Rio Preto no interior é verdade, porém me parece uma notícia verdadeira, e os argumentos usados no contato feito pelo anônimo ao site foi bem convencedor, então resolvemos fazer a matéria para ajudar mais pessoas que estão pensando em alugar esse tipo de imóvel para temporada, pois realmente vale a pena, e também queremos destacar que cada vez mais a procura por casas, hotéis e pousadas na internet estão ficando forte e até mesmo de chacaras para alugar mas devemos tomar cuidado, ao me ver não basta ver a foto e já fechar negócio, o nosso internet disse que foi lá pessoalmente e por isso descobriu que a chácara era uma verdadeira beldade.

Então espero que essa notícia/matéria tenha agradado o pessoal que esta a procura de algum lugar para alugar e desfrutar de um lazer, e também fiquem atento as datas dos sites que vocês vêem, pois coisas postadas a muito tempo talvez não existam mais ou até mesmo não tenham mais validade, como preços de passagens áreas, estou ficando por aqui até o próximo Fato Curioso.

Tecnologia de Dublin Core

Padrão

Em 1995, em um workshop em Dublin, Ohio, comentou-se a necessidade da criação de uma semântica que descreva os recursos disponibilizados na internet. Souza e Alvarenga (2004) definem que o Dublin Core é um padrão que promove a criação de um vocabulário controlado para uso na Web, sendo ele composto por 15 elementos de metadados.

A tabela 2 traz os elementos inseridos pelo Dublin Core. Esses recursos são inseridos nos documentos da Web para especificar o tipo de informação contida neles. Cada um dos campos da tabela 2 especifica uma declaração sobre o tipo de informação do documento.

Em um significado amplo, as ontologias descrevem o relacionamento entre as partes e tornam as informações capazes de serem entendidos pelas máquinas. É uma definição vaga quando transportada para o ramo da computação.

            O conhecimento do termo veio ganhando expansão nos últimos tempos, onde estudiosos se propõem a aplicar semântica nos dados a fim de organizar, representar e compartilhar conhecimentos que estejam acessíveis e interpretáveis pelas máquinas.

            Sobretudo no campo da Inteligência Artificial, ramo em que pesquisadores procuram tornar sistemas cada vez mais próximos do pensamento humano, as ontologias ganham ênfase em tornar os dados mais acessíveis às máquinas para gerar conhecimento.

Breitman (2010, p. 7) define as ontologias como “modelos conceituais que capturam e explicam o vocabulário utilizado nas aplicações semânticas”. As ontologias são a base para que não haja ambiguidade nos dados.

A palavra ontologia deriva do grego ontos (ser) e logos (palavra). Na Filosofia, ontologia é “a ciência do que é, dos tipos de estruturas dos objetos, propriedades, eventos, processos e relacionamentos em todas as áreas da realidade.”

No ramo da computação, o W3C tem a definição mais próxima da sua função, é definido como “a definição dos termos utilizados na descrição e na representação de uma área do conhecimento”. Acrescenta que as ontologias devem descrever classes (ou “coisas”), os relacionamentos entre essas “coisas”, e suas propriedades ou atributos.

            As ontologias são, portanto, uma forma de aproximar a interpretação dos dados pelas máquinas por meio de uma descrição adequada dos documentos da Web. Não pode ser confundida com a Inteligência Artificial, cujo propósito é criar meios computacionais que se igualem ou até mesmo superem o modo como os seres humanos pensam. A aplicação de ontologias sugere apenas que máquinas façam o papel de interpretar as informações que são dispostas na Web a fim de tornar mais fácil o compartilhamento de informações.